Agroindústria

Agroindústria sustentável: como gerenciá-la para gerar mais lucros

30 de Outubro de 2019

por Supero

Tempo de leitura: 9 min

Voltar

A sustentabilidade ambiental é um fator chave para a vantagem competitiva da agroindústria. Entenda neste artigo a importância dessa aliança e como fazer a sua gestão

Segundo dados da CNA (Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil) e do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), a agroindústria cresceu mais do que o agronegócio como um todo nos primeiros meses de 2019. O PIB do setor continua sendo destaque na economia brasileira, mesmo em momentos de recessão.

A agroindústria brasileira é um dos pilares de sustentação que fazem o Brasil ser visto como referência em agronegócio no mercado internacional. Mas, apesar da sua relevância tanto no exterior como aqui no país, o professor doutor Frederico Silva, pesquisador do IFPR (Instituto Federal do Paraná) aponta que essa posição só será mantida se o setor for guiado por princípios de conservação e preservação.

É por isso que práticas sustentáveis no agronegócio vem ganhando cada vez mais relevância.

A importância da sustentabilidade na agroindústria

Para se manter competitiva no mercado e realizar trocas comerciais valiosas, faz-se necessário que a agroindústria seja sustentável, e não exploratória. Os países têm sido cada vez mais cuidadosos com os produtos agrícolas internacionais que consomem. 

Esse cenário criou condições para impulsionar a modernização do agronegócio. O Brasil ainda é relativamente atrasado na adoção de práticas sustentáveis, mas por ser um grande exportador de produtos agrícolas, as empresas do setor estão começando a compreender a necessidade de adaptação.

Muitos ainda acreditam que a sustentabilidade é um empecilho ao crescimento e lucratividade da empresa. Porém, uma avaliação realizada por diversas instituições como SEBRAE, Imaflora, Rabobank, além de pesquisadores da USP e da Universidade de Oxford, mostrou o contrário.

A conclusão foi que o resultado econômico será maior na mesma proporção em que o desempenho socioambiental for melhor. Ou seja, quando o produtor investe em modos de produção que prezam pela preservação do meio ambiente na medida do possível, o lucro se torna uma consequência natural.

Mas a questão vai além do lucro. As práticas sustentáveis se mostraram mais eficientes do que as convencionais, e estão ganhando cada vez mais espaço na agroindústria por outros fatores, como ganho de vantagem competitiva. Dentro de um mercado acirrado, quem vende produtos confiáveis e de maior qualidade sai na frente.

A adoção de medidas sustentáveis no setor gera uma criação de valor benéfico para o negócio, o qual será agregado de acordo com suas necessidades de mercado. Na esfera social, a implementação dessas práticas no agronegócio contribui fortemente para a geração de empregos e especialização de mão de obra, gerando renda e contribuindo com a balança comercial. 

Adotando práticas sustentáveis no agronegócio

Para incorporar medidas sustentáveis a qualquer negócio é preciso ter o respeito como valor chave. Na agroindústria, é necessário entender que cada processo possui suas especificidades antes de começar a analisar o modo como eles são realizados. 

Com essa compreensão, é possível começar a maturar abordagens capazes de alcançar ganhos positivos para ambos os lados, como:

  • Manejo de água: repensar o modo de condução de lavouras e aproveitar as condições naturais, a fim de maximizar a produção e reduzir o desperdício;
  • Bioenergia: investir em alternativas limpas de geração de energia;
  • Recuperação de pastagens: manejar as regiões da forma correta, com adubação e manutenção constantes;
  • Descarte de embalagens e insumos: retirar da natureza os elementos prejudiciais ao meio ambiente;
  • Tratamento de resíduos: utilizar técnicas eficientes, como os biodigestores, para achar o destino correto para os resíduos.

É preciso lembrar que durante todas essas e outras medidas de sustentabilidade, é essencial que os equipamentos também funcionem de maneira a contribuir para a harmonia com o meio ambiente. Isso também inclui uma boa gestão de pessoas. Os funcionários responsáveis por operar as máquinas e colocar a mão na massa devem estar conscientizados sobre o impacto das medidas do negócio. 

O crescimento da agroindústria está, mais do que nunca, associado à recuperação, preservação e valorização dos seus recursos naturais. Por isso, é preciso investir em atividades que promovam melhoria na utilização do solo, redução de consumo de água, diminuição das emissões dos gases de efeito estufa, reutilização de recursos e destinação adequada de defensivos agrícolas.

Como gerenciar as práticas de sustentabilidade na agroindústria?

A gestão no agronegócio deve levar em consideração operações internas e externas. É preciso atentar-se à questões que ultrapassam o plantio e o processamento. As técnicas de gerenciamento necessitam combinar desenvolvimento com criatividade, comunicação, pesquisa, legislação etc.

Além disso, as empresas do setor também se preocupam com o aumento de produtividade, a partir da agilização de tarefas e de uma maior mobilidade e qualidade nos serviços.

A junção de todos esses elementos encontra-se na inovação tecnológica. Nos últimos anos a agroindústria vem se modernizando e encontrando nas novas tecnologias o suporte necessário para estabelecer uma cadeia produtiva sólida, que preserva o ambiente natural e contribui para uma maior consciência social sobre o tema.

Para automatizar processos, otimizar a dinâmica do setor e ter maior precisão nos resultados operacionais, muitas empresas estão incorporando inteligência à agroindústria. O avanço da Inteligência Artificial, do Big Data e do Business Intelligence garantem às organizações do setor mais velocidade e confiança na transmissão de dados, o que resulta em análises mais precisas e melhores tomadas de decisão.

Outra tecnologia que vem ajudando a remodelar o setor é a Internet das Coisas (IoT). No Brasil, o agronegócio está entre as quatro áreas nas quais o direcionamento de iniciativas e políticas públicas para o desenvolvimento de IoT são uma prioridade. O objetivo dessa decisão é impulsionar ainda mais a importância do Brasil no comércio internacional de produtos agrícolas, prezando pela alta qualidade e sustentabilidade ambiental.

Em suma, a tecnologia é a chave para a agroindústria conseguir produzir de forma eficiente, sustentável e a custos menores, auxiliando também na boa gestão dos negócios. 

Gostou de saber mais sobre a importância de aliar sustentabilidade à agroindústria e quer garantir o acesso da sua empresa aos mercados mais competitivos? Fale conosco para conhecer as nossas soluções personalizadas! E para ler mais sobre o assunto, busque os artigos com a tag agroindústria em nosso blog. 


Escrito por Supero Editor dos conteúdos do blog da Supero.

Outras Postagens

Crie soluções personalizadas e integradaspara todas as áreas da sua empresa

Quero Saber mais

Fique Atualizado Assine nossa Newsletter

Trabalhe Conosco Junte-se ao melhor Time!

Se você está em busca de um ambiente descontraído, cheio de oportunidades de crescimento e em constante evolução, venha para o Time Supero!

Saiba Mais

Cadastro por interesse

Nosso time está pronto para entender o seu negócio e auxiliá-lo a encontrar a melhor solução.

Deixe seu melhor e-mail abaixo que entraremos em contato.

Indique este post para alguém...