Produto

Como escolher um agile coach?

2 de Junho de 2021

por Gabriela

Tempo de leitura: 8 min.

Voltar

Entenda quais as competências que um agile coach eficiente deve ter e como contratar esse profissional capaz de aumentar o nível de desempenho do seu time

Mais do que um especialista teórico em metodologias ágeis, um agile coach é o profissional que atua junto às equipes de uma organização a fim de garantir resultados e entregas mais rápidas e bem-sucedidas, levando em consideração as necessidades de cada negócio. Ou seja, a essência de um agile coach é trabalhar na prática, com os times, a teoria dos métodos ágeis, para que haja uma mudança e melhoria na cultura da empresa e, assim, gerar  valor para os  clientes de forma mais rápida.

No entanto, para contratar um agile coach eficiente não basta apenas levar em consideração as  aptidões técnicas (hard skills), aprendidas em cursos e treinamentos, por exemplo. Um profissional capaz de promover uma transformação ágil dentro de uma empresa precisa ter experiência com coaching, além, é claro, de habilidades sócio comportamentais (soft skills) condizentes com o papel a ser exercido.

E nesse ponto, a organização precisa estar atenta e saber qual a função do agile coach em metodologias ágeis para aquele momento que da equipe e o que esperar desse profissional. Afinal, há diferenças entre as necessidades dentro de cada time e de cada organização.

Por exemplo, em empresas cujo software é o negócio, a visão do produto está diretamente relacionada à motivação do time, então o agile coach precisa saber que isso deve estar conectado.

Nessa mesma linha, observamos que a maioria dos coaches não trabalha apenas com uma ferramenta ou tecnologia específica, justamente para não limitar sua percepção e atuação dentro de cada ambiente.

Muito pelo contrário, o mindset de um treinador ágil, geralmente, é aberto e interessado em inovação, com aguçado senso crítico e capacidade de se adequar a diferentes cenários e situações.

Para você  entender melhor quais as competências de um agile coach bem-sucedido e como escolher um profissional que atenda seu nível de exigência, continue a leitura do post.

Saiba mais: Metodologias ágeis: são importantes, mas não tudo

Formação e competências de um agile coach

De maneira resumida, o papel de um agile coach em uma organização é conduzir os times, por meio de técnicas e abordagens, à  agilidade. Não em uma metodologia ágil, mas à agilidade.

Para isso, esse profissional adota uma determinada postura que, na maioria das vezes, está diretamente relacionada à sua formação, sendo afetada pela cultura e pelas necessidades da organização.

É comum que o agile coach tenha formação em sistemas de informação e mestrado ou doutorado em áreas correlatas, possuindo forte experiência em projetos conduzidos com  metodologias ágeis como Scrum e Kanban.

De modo geral, os agile coaches têm uma combinação de habilidades técnicas e comportamentais que fazem deles facilitadores de melhorias em uma organização. 

Assim, com um olhar reflexivo e métodos práticos, esses profissionais impactam diretamente em aspectos relacionados à gestão, processos e projetos, sendo bastante úteis em empresas de diferentes portes e segmentos. 

Podemos destacar como hard e soft skills comuns a coaches ágeis as seguintes aptidões:

  • Conhecimentos sólidos em áreas ligadas à tecnologia e inovação;
  • Domínio de línguas estrangeiras, principalmente o inglês;
  • Fortes habilidades em desenvolvimento ágil de software;
  • Proatividade e capacidade de persuasão;
  • Senso de liderança e habilidade na resolução de conflitos;
  • Capacidade analítica e boa comunicação interpessoal.

Essas habilidades capacitam o agile coach para superar obstáculos e enfrentar desafios na construção da agilidade, principalmente, se isso impedir o  avanço do seu objetivo de tornar a empresa ou o time mais ágil.

Leia também: Times ágeis: por que o mindset agile é uma vantagem competitiva?

Alinhamentos entre organização e coach

Para que os resultados esperados de um agile coach sejam os mais satisfatórios possíveis é importante que, antes de qualquer ação, haja um alinhamento dos objetivos e das expectativas do gestor em relação ao profissional que vai exercer essa função de treinador dentro da organização.  

Também é importante deixar bem claro, com toda a equipe envolvida no processo, qual o papel do agile coach naquele momento da empresa e onde ele vai atuar, para que haja um engajamento do time em relação às atividades propostas.

Informar que metodologias ele conhece e quais ferramentas vai utilizar é bem útil para manter o time todo na mesma página.

Afinal, é natural, sobretudo em empresas que têm o software como produto, que os desenvolvedores sejam mais experientes em desenvolvimento do que o agile coach. Portanto, ao escolher esse profissional, a empresa deve observar esse ponto, assim como considerar a abordagem do profissional, que deve dialogar diretamente com esse perfil, para ganhar o respeito da equipe.

Outra questão a ser considerada é se o agile coach tem habilidades para focar em equipes com diferentes necessidades e funções, como times de desenvolvimento de softwares, customização de softwares ou desenvolvimento de um software comercial, por exemplo.

Pois uma empresa que desenvolve um software comercial tem gestão de produto, marketing de produto e um time de UX (mais ligados ao que se chama de descoberta do produto) trabalhando com o time de delivery (interessado na entrega do produto). Nesse caso, o agile coach precisa saber entrosar todos esses profissionais de forma.

Sabemos que existem várias metodologias ágeis e todas funcionam, porém alinhar com o agile coach qual é a que melhor vai funcionar na sua organização é o mais relevante.

Por isso, na hora de escolher um profissional, é fundamental perceber o mindset dele e observar se o agile coach não adere cegamente a uma framework ágil, sem analisar criticamente a necessidade da sua organização. 

O ideal é que o profissional tenha a capacidade de perceber e entender os pontos de tensão da sua equipe que estão freando uma evolução ágil e adaptar a metodologia para solucionar aquele propósito. Dessa forma, as chances de bons resultados, certamente, serão maiores. 

Confira: Desafios do agile no home office

Agile coach: interno ou externo

Se você está na dúvida entre contratar um agile coach para integrar seu time ou contar com um profissional externo para o serviço, veja abaixo alguns pontos a serem considerados.

Custo do investimento

De acordo com a Glassdoor, o salário médio mensal de um agile coach, hoje, no mercado brasileiro, é de R$ 12 mil, variando de 7 a 15 mil reais. 

Já uma consultoria externa varia muito de acordo com as necessidades do projeto e da organização, sendo difícil precisar um valor mensal sem antes definir um escopo.

Colaboração da equipe

Segundo o ditado popular, ‘santo de casa não faz milagre’. Será? Por conhecer as pessoas que apoiam a transformação dentro da organização, um agile coach interno pode contar com peças-chaves para fortalecer a mudança. 

Por outro lado, agentes externos tendem a ser mais respeitados e valorizados pela equipe interna, principalmente se carregar uma marca forte no mercado.

Comprometimento do time

Teoricamente, quem faz parte da organização deveria estar comprometido com a mudança, mas nem sempre ela é bem-vinda. Um agile coach interno pode enfrentar muita resistência da equipe e até ocasionar aborrecimentos interpessoais.

Já um agile coach externo assume uma postura de agente de mudanças e costuma ter mais tolerância a resistências do time interno em relação ao novo. 

Com isso, podemos observar que mesmo com objetivos finais iguais, o coach interno e o externo têm desafios diferentes para gerar sinergia entre os envolvidos. 

Portanto, o melhor profissional para a sua empresa depende de que resultados você busca e de quais necessidades você precisa atender para alcançar seu objetivo de tornar o time mais ágil, fomentando um ambiente inovador e mais produtivo, a fim de colher resultados melhores.

Veja: Agile: dá para manter em projetos de escopo fechado?

Conte com um parceiro expert em metodologias ágeis

Com experiência em soluções ágeis, a Supero Tecnologia atua com diferentes metodologias, unindo o agile aos princípios do lean thinking.

Conheça nossos serviços de consultoria nessa área e veja como produzir mais valor para o seu negócio, com base no mapeamento e otimização do fluxo de trabalho.

Aumente sua produtividade e transforme o aperfeiçoamento em rotina. Entre em contato e agende uma conversa com um de nossos consultores especialistas.



Escrito por Gabriela

Outras Postagens

Crie soluções personalizadas e integradaspara todas as áreas da sua empresa

Quero Saber mais

Fique Atualizado Assine nossa Newsletter

Oportunidades Participe dos melhores projetos!

Se você está em busca de um ambiente descontraído, cheio de oportunidades de crescimento e em constante evolução, confira as oportunidades!

Saiba Mais

Cadastro por interesse

Nosso time está pronto para entender o seu negócio e auxiliá-lo a encontrar a melhor solução.

Deixe seu melhor e-mail abaixo que entraremos em contato.

Indique este post para alguém...

Inscreva-se em nossa newsletter.