Gestão

Como recrutamos profissionais de TI?

29 de Dezembro de 2020

por Marketing

Tempo de leitura: 8 min

Voltar

Há 17 anos, recrutar profissionais de TI é nossa especialidade. Veja como fazemos isso.

Mais cedo ou mais tarde, toda empresa vai se tornar uma empresa de tecnologia em algum grau. O que a obrigará, também, a recrutar profissionais de TI.

Como uma empresa de outsourcing de TI e uma fábrica de softwares, há 17 anos faz parte do nosso dia a dia recrutar profissionais da tecnologia. Com muitos projetos entregues, hoje conseguimos recrutar e contratar profissionais para demandas de TI em um período de apenas 5 a 15 dias, com alta taxa de sucesso dentro de nossos clientes. Por isso, nos orgulhamos de ser, em virtude disso, uma marca empregadora.

Leia mais: Fábrica de software é a solução para seu projeto?

Porém, ao longo de todos esses anos, ouvimos, de boa parte das empresas que atendemos, o quão desafiador é ter sucesso na contratação de um programador. Segundo a Computing Technology Industry Association, 93% dos recrutadores em TI fazem essa afirmação. E de acordo com a Modis, para 41% dos recrutadores, esse desafio está ficando cada vez maior ao longo dos anos.

Leia mais: Como funciona o outsourcing de TI da Supero?

Então, neste post vamos contar: como fazemos contratações bem-sucedidas em TI há 17 anos para nossos clientes?

Recrutamento em TI: os desafios

Contratar em TI é desafiador em vários aspectos. Boa parte disso se deve à existência de mais vagas de TI disponíveis do que profissionais, o que produz uma alta competitividade entre os empregadores, dificulta o fit técnico e comportamental entre empresa e profissional, e eleva a taxa a turn-over.

Outro motivo está nas próprias características da área, diferente de outras carreiras. É muito comum que os profissionais atuem em projetos temporários, sobretudo os especialistas em tecnologias muito específicas ou em metodologias ágeis, como os agile coaches. Isso faz com que o salário e os benefícios, por exemplo, sejam atrativos com peso maior do que a estabilidade e longevidade da contratação, por exemplo.

Por fim, o aspecto técnico torna a contratação de profissionais de TI desafiadora para os RHs, sobretudo de empresas que não têm o setor no seu core business. Além de definir o perfil, é preciso avaliar competências comportamentais e técnicas, o que requer que os recruiters dominem bem a linguagem tecnológica.

Leia mais: Recrutamento online: como contratar profissionais de TI a distância

Recrutamento de profissionais de TI na Supero

1. Alinhamento do perfil do profissional buscado

Esse alinhamento do perfil profissional buscado começa já no comercial, que faz o primeiro entendimento e, claro, o encaminhamento da necessidade para o setor de contratação após o fechamento do negócio.

Já no DHO, é feito o contato com o cliente para entender e alinhar o perfil profissional necessário para atender a demanda. De acordo com Bárbara Vieira, nossa coordenadora de DHO:

Por vezes o cliente diz que precisa de um [especialista em] Java. Mas é um Java o quê? Qual é a descrição? Qual é a real necessidade?

Para tal, nós mergulhamos a fundo na necessidade, usando nossa própria expertise acumulada em projetos nas mais diversas subáreas de TI para ajudar o cliente a chegar na melhor definição sobre o nível de senioridade do perfil que vai contratar, assim como skills técnicas e comportamentais.

2. Temos o perfil internamente ou precisamos recrutar um novo profissional de TI?

Após o alinhamento do perfil, o DHO vai verificar se há disponibilidade interna de profissionais para iniciar na vaga pretendida pelo cliente.

É bem comum que já tenhamos em casa o profissional, o que acelera o processo de contratação. No entanto, embora já tenha passado por nossas avaliações comportamentais e técnicas, até mesmo esse profissional será avaliado pelo cliente, que dará a palavra final na aprovação da contratação.

Caso o profissional não esteja disponível, abriremos e gerenciaremos todo o processo seletivo, a partir das informações já obtidas do alinhamento.

3. Gestão do recrutamento das vagas de profissionais de TI

Utilizamos um sistema de recrutamento e seleção para gerir todo o processo seletivo, tanto internamente quanto com o candidato.

  • Divulgar a vaga

Nossas vagas são pulverizadas em vários canais, o que inclui, além de nosso site, redes sociais, plataformas de recrutamento, imprensa e até ações internas de indicação.

Além disso, a posse de uma base extensa de candidatos nos permite prospectar ativamente profissionais que, segundo nossa avaliação, teriam fit cultural e técnico para a vaga.

  • Triagem

Coletados os currículos, fazemos a primeira triagem por meio do sistema.

  • Entrevista com DHO por competências

A primeira entrevista do candidato é com os recruiters. Todos os nossos recrutadores têm formação para recrutamento e seleção em tecnologia, dominando linguagem e ferramentas, o que os torna não apenas capazes de avaliar as competências culturais, mas também técnicas.

Essa é a segunda triagem, da qual sairão os candidatos aprovados para a prova técnica.

  • Prova técnica

Todos os selecionados pelo DHO fazem um teste técnico. “A prova é bem customizada”, diz Bárbara Vieira. “Temos provas de algumas tecnologias e aquelas que não temos buscamos fazer”.

Ao recebermos os testes técnicos dos candidatos pré-selecionados, a correção fica sob a responsabilidade de uma banca técnica da Supero, que também ficará à frente da próxima etapa.

  •  Entrevista técnica

Nesta fase, os candidatos aprovados na prova técnica serão avaliados por uma especialista na área, a fim de determinar os que estão tecnicamente aptos à vaga.

Para realização desta entrevista, é fundamental que o especialista técnico tenho passado por um treinamento de entrevistas obtido com o apoio do DHO.

Ele também dará o feedback sobre a prova técnica ao candidato, discutindo questões e pontos específicos sobre o desempenho dele a fim de compreender os resultados obtidos, do ponto de vista dele.

  • Enviar currículos selecionados para o cliente

Agora, sim, os candidatos pré-aprovados tanto pelo DHO quanto pelo especialista técnico da Supero serão apresentados ao cliente.

No dossiê, apresentaremos o currículo e os resultados das avaliações e prova técnica feitas pela Supero.

  • Entrevista do cliente

O cliente também realiza uma entrevista com o candidato. Aliás, mesmo que o cliente não deseje, nós recomendamos que faça essa entrevista em conjunto com a Supero, para conhecer o candidato antes da aprovação.

Após a confirmação da contratação, o novo colaborador dá continuidade a seu processo de integração à Supero.

  • Integrações

São três integrações, que envolvem o DHO, a torre de que o profissional fará parte – pode ser Alocação, Projetos, Cloud, Data Science, Sustentação ou Lean Digital –  e cliente.

Sobre a primeira, com o DHO, Bárbara Vieira conta que:

Nossa integração não inicia apenas no dia que o profissional começa na Supero, seja presencial ou remotamente. Encaminhamos trilhas para a gente abraçar esse profissional e para colocá-lo no nosso meio. Depois disso é agendado um horário com ele, e ali analistas de DHO mergulham na história da Supero, nossos processos, políticas etc. para inserir de fato esse profissional no mundo Supero.”

Depois da integração do DHO, o profissional chega para sua equipe. De acordo com Fernando Silva, nosso executivo da torre de Alocação:

Ele passa por verticiais, gestores, quais os clientes que temos, quantos profissionais temos e qual a nossa distribuição neles. E por fim, entramos no cliente em que o profissional será alocado: qual o perfil do cliente, quais as políticas do cliente, com quem ele vai trabalhar, com quem vai se comunicar tecnicamente dentro do cliente – seja em relação à Supero, seja em relação ao cliente –, para que se sinta bem à vontade e por dentro de toda a estrutura da alocação.

  • Gestão do profissional de TI

Após o profissional estar alocado no cliente, sua respectiva torre deve realizar as tarefas correspondentes à gestão da alocação de modo a tornar a performance do profissional alocado e a satisfação do cliente as melhores possíveis.

  1. Realizar visitas para acompanhamento e gestão dos profissionais alocados;
  2. Analisar indicador de produtividade conforme horas previstas x horas realizadas por profissional
  3. Entrar em contato com pontos focais na alocação para ações de correção de rota.

De acordo com Fernando Silva:

Gestão bem próxima e integrada com o cliente, justamente para podermos performar e deixar o nosso profissional bem à vontade dentro do cliente e amparado pela gestão da Supero.

Recrutamento de profissionai de TI: uma solução de sucesso

Ao longo de 17 anos, validamos uma metodologia consistente de recrutamento e seleção de profissionais de TI e continuamos a melhorá-la.

Quer conhecer ainda melhor? Fale com um de nossos consultores.


Escrito por Marketing

Outras Postagens

Crie soluções personalizadas e integradaspara todas as áreas da sua empresa

Quero Saber mais

Fique Atualizado Assine nossa Newsletter

Oportunidades Participe dos melhores projetos!

Se você está em busca de um ambiente descontraído, cheio de oportunidades de crescimento e em constante evolução, confira as oportunidades!

Saiba Mais

Cadastro por interesse

Nosso time está pronto para entender o seu negócio e auxiliá-lo a encontrar a melhor solução.

Deixe seu melhor e-mail abaixo que entraremos em contato.

Indique este post para alguém...

Inscreva-se em nossa newsletter.