Gestão

Quais as hard skills mais procuradas pelos CIOs?

3 de Dezembro de 2020

por Marketing

Tempo de leitura: 12 min

Voltar

Veja quais são as skills que os CIOs estão buscando no mercado e entenda que rumos os negócios vão tomar

Não é novidade que a tecnologia vem modificando – e rapidamente – o conjunto de skills digitais valorizadas e buscadas pelos CIOs e pelas organizações mundialmente.

Mas convenhamos que 2020 fez o mundo ver mais transformação digital do que os últimos cinco anos juntos  – e isso não é uma hipérbole. As pressões tradicionais por custos, agilidade e resiliência operacional fugiram do ordinário, gerando um nível novo de urgência na caminhada para o que vínhamos nos referindo como o futuro do trabalho.

Isso chama a atenção para esse elemento muitas vezes desatendido da transformação digital: as pessoas. Por mais que envolva tecnologia, ela continua sendo uma transformação centrada em pessoas, ou seja, na força de trabalho. E os próprios executivos sabem disso.

Então, perguntamos: quais são os planos dos CIOs? E como esses planos estão se traduzindo nas contratações? Que tipo de skills técnicas eles estão procurando nos profissionais?

Neste artigo, vamos entender o que os CIOs estão pensando, depois como esse pensamento está se traduzindo em algumas buscas específicas por certas skills e, por fim, entender ainda se o mercado está pronto para responder a essas necessidades.

superocast - lean thinking

Quais os planos dos CIOs

Se pudéssemos resumir em uma palavra o que os CIOs estão pensando, certamente ela seria automação.

Faz sentido que pensem assim. Agora pode ser que não tanto, mas, num futuro não tão distante assim, todos vamos interagir com tecnologias de automação inteligente e inteligência artificial de alguma maneira.

Fatores como a pandemia do novo coronavírus, ida maciça para o digital, a possibilidade de manter o home office no longo prazo e até experiência de trabalho, ademais, aumentaram essa necessidade imediatamente.

Os CIOs e as empresas estão respondendo. De acordo com levantamento da Forrester, as organizações mudaram suas prioridades em direção ao digital e à inovação, via automação inteligente. Elas querem desenvolver novas formas de trabalhar, novos modelos de negócio e conquistar eficiência e rapidez em processos defasados.

Leia também: Inovação: dá para sair da caixa na crise?

Dado do panorama, quais as skills em TI que vão responder a essas demandas?

4 skills que os CIOs estão priorizando

1. Automação inteligente

Em parte porque CIOs ainda não sabem bem como aproveitar essa tecnologia, pode-se dizer que a automação transformou pouco o panorama dos negócios. Mas, segundo pesquisa da UiPath, eles querem mudar esse estado de coisas. 70% afirmaram que sua organização já está investindo em automação, 18% deles em todos os departamentos.

A Consultoria Forrester confirma a tendência: 48% dos respondentes do levantamento The Future of Work: A Pandemic Spotlight disseram que sua organização vai aumentar o gasto com RPA em 5% ou mais em 2021.

Em consonância com esses dados, 83% dos executivos entrevistados pela UiPath disseram que a automação será necessária para os trabalhos do futuro, e quase a mesma porcentagem acredita que a pandemia e o trabalho remoto aumentaram a necessidade de skills nessa área nos profissionais.

Mas skills como automação inteligente estão se tornando críticas não só na TI, mas para todos os colaboradores, independentemente do foco de seu trabalho. Quem diz isso são os executivos: 70% acreditam que essas skills são importantes, inclusive, em funções não técnicas.

Por isso, afirmaram que vão priorizar a contratação de candidatos com experiência em automação. E, de acordo com o levantamento, se tivessem que escolher entre dois candidatos similares, 73% disseram que decidiriam, como critério de desempate, pelo que tivesse mais experiência em automação, quer a função exigisse isso ou não.

2. Machine learning

Outra tecnologia que, apesar de figurar nos primeiros estágios de sua aplicação massiva nos negócios, está na mira das empresas é o machine learning. Sobretudo para as organizações que já provaram ganhos relevantes em nível da organização e que sabem que incrementá-los depende da ampliação das iniciativas, a intenção é investir mais – como forma de responder à pandemia e sua aceleração digital.

Leia mais: Sua organização está pronta para o primeiro projeto em data science?

Sabendo do desafio de gerar valor e dar escala a projetos com IA, em particular na escala da organização, os CIOs estão buscando por capacidade maior de execução e performance.

Nesse quesito, vale olhar para os exemplos, e os melhores cases de sucesso do mercado mostram que ter a habilidade de desenvolver projetos em IA personalizados – em vez de soluções de prateleira – pode fazer a diferença.

webinar data science do zero

Segundo relatório da McKinsey, 45% dos high performers em IA compreendem que tipo de skills precisam (contra 33% das demais empresas), e 36% trazem essas skills para a organização (contra 21% das demais empresas). Aliás, a mesma pesquisa da McKinsey chama a atenção sobre precisamente este ponto:

É impressionante que alguns dos maiores gaps entre os high performers e os outros não estão apenas em áreas técnicas, como o uso de técnicas de modelagem complexas, mas também em aspectos humanos da IA.

Por isso, skills em machine learning também estarão entre as mais buscadas pelos CIOs, que estão dispostos a ter talentos em engenharia de dados, arquitetura de daos e data science.

Leia mais: Você sabe como contratar o cientista de dados certo para a organização?

3. Data analytics

Em momentos críticos, uma má decisão pode levar uma empresa à decadência, mas uma boa decisão fazer com que arranque muitos passos na frente a concorrência. Ou então, fugindo dos extremos, em uma organização que está no caminho de sustentabilidade, pode ser o que permite ou não implementar um processo de melhoria contínua.

Leia mais: Como usar a análise de dados na tomada de decisões?

Em todos esses casos, para orientar-se, as organizações – em particular as áreas de negócio – querem insumos. E para esse fim, não há outro caminho senão tornar-se realmente data driven.

Por isso, a análise de dados está entre as skills mais cobiçadas globalmente pelos CIOs.

4. Cloud

Outro efeito da pandemia, sentido por muitas organizações que ainda faziam um uso marginal da cloud computing, foi a percepção de que elas estariam mais ágeis, mais seguras e mais produtivas se fizessem um uso maior da tecnologia.

O efeito disso, obviamente, foi a urgência de uma migração para a nuvem, que levou a demanda a crescer bem acima da expectativa para 2020. Segundo estudo da O’Reilly, 67% das organizações vão levar mais de 50% de seus workloads para a nuvem até 2022 e outros 25% vão mover todas as suas aplicações.

infográfico jornada cloud computing

Mas não é só isso: vimos também que a demanda por gestão de custos com cloud e segurança na cloud também aumentaram nas organizações que já fazem amplo uso. Coloque nessa conta, ainda, a ampliação do uso da edge computing, que está deixando de ser uma promessa para se tornar um valor real para as organizações, ao lado da cloud.

O resultado é que os CIOs continuam em busca de skills em cloud, entre engenheiros e profissionais ligados à área.

Como o mercado está respondendo à demanda dos CIOs

Dadas as necessidades, a pergunta que decorre naturalmente é como o mercado responderá a isso. As skills demandas pelos CIOs já estão disponíveis nas pessoas?

A responta é sim e não. Para itens como automação e IA, em particular, a necessidade não corresponde com a formação dos profissionais ainda. Com isso, 91% dos executivos, segundo a Forrester, percebem algum nível de ansiedade em relação às skills exigidas de seus colaboradores.

Tudo indica que o cenário forçará as empresas a assumir parte da demanda por educação da força de trabalho e a desenvolver essas skills, priorizando para isso iniciativas como treinamentos e capacitações dentro do plano de carreira. Segundo Tom Clancy, SVP da UiPath:

70% da educação será realiza no trabalho em si; 20% será entre pares e compartilhando; e apenas 10% será realmente formal.

Independentemente de onde venha essa formação, essa é uma demanda dos próprios colaboradores. Segundo outro levantamento da UiPath, 86% dos respondentes disseram que querem que seus empregadores ofereçam oportunidades de adquirir novas habilidades, e 83% que ofereçam mais oportunidades de aumentar suas habilidades.

Receber treinamento nessas skills, aliás, será fundamental para garantir a segurança, produtividade e satisfação dos colaboradores. Surge, com traços cada vez mais marcantes, a preocupação de se tornarem obsoletos: 47% dos entrevistados pela UiPath acreditam que perderão seu trabalho por defasagem, nos próximos cinco anos.

Como se sabe, aumentar o conjunto de skills dos colaboradores não é um benefício exclusivo dos colaboradores: aumenta a produtividade e diminui o turn-over.

Skills em TI: tenha o parceiro que as encontra para a sua organização   

Como vimos, serão quatro as hard skills mais procuradas pelos CIOs e, a algumas delas, o mercado terá um pouco mais dificuldade de responder, demandando ações das organizações.

Se as skills buscadas pelos CIOs globais coincidem com as que a sua organização está buscando, você poderá contar com 17 anos de expertise da Supero em contratação de profissionais de TI, em projetos da fábrica de software e em consultoria em lean-digital para acelerar essa busca e aumentar a efetividade de suas contratações, com a vantagem adicional de deixar nas nossas mãos a formação e gestão dos profissionais.

Fale com um de nossos consultores para saber mais, sem compromisso!


Escrito por Marketing

Outras Postagens

Crie soluções personalizadas e integradaspara todas as áreas da sua empresa

Quero Saber mais

Fique Atualizado Assine nossa Newsletter

Oportunidades Participe dos melhores projetos!

Se você está em busca de um ambiente descontraído, cheio de oportunidades de crescimento e em constante evolução, confira as oportunidades!

Saiba Mais

Cadastro por interesse

Nosso time está pronto para entender o seu negócio e auxiliá-lo a encontrar a melhor solução.

Deixe seu melhor e-mail abaixo que entraremos em contato.

Indique este post para alguém...

Inscreva-se em nossa newsletter.