Tecnologia

Quanto custa criar um app?

19 de Maio de 2020

por Marketing

Tempo de leitura: 6 min

Voltar

O orçamento de um aplicativo pode variar dependendo da infraestrutura, plataformas, código, funcionalidades, design e manutenção

A pergunta que mais recebemos, dentro do Comercial, é: quanto custa criar um app?

Pode soar meio frustrante, mas a melhor resposta que teríamos a essa pergunta seria algo como:

- Depende! Um app pode custar de R$ 50.000 a R$ 500.000.

O que a torna totalmente insignificante, concorda? Ainda que aconteça o mesmo quando se trata da construção de uma casa, da compra de um carro e de outras coisas cuja variação de preços pode ser bem grande.

Então, para responder a essa pergunta com a mínima assertividade, temos que fazer uma cascata de outras perguntas para os leads, todas basicamente bucando um entendimento maior sobre o estágio de validação dos requisitos do aplicativo dentro da organização.

Vista essa relação entre o custo da construção de um app com as próprias características do app, neste post, a fim de ajudar você a mensurar esse valor, vamos entender como chegar às decisões que você precisa para fazer esse cálculo.

Nível de complexidade: básica, média ou alta?

Muitas vezes ouvimos coisas como: “queremos só um appzinho” ou então “quanto custa um app tipo iFood ou Uber?”.

Mas como se define um “appzinho”? Além disso, ao citar exemplos de apps hoje famosos no mercado, como iFood e Uber, poucos se lembram que eles começaram bem menores e limitados.

Para citar um exemplo, vejamos a origem do Uber: lançado em 2009, ele era um app focado em oferecer carros de luxo em São Francisco. Para isso, o investimento inicial na startup foi – prepare-se – da ordem de US$ 500.000. Depois disso, muitas rodadas de investimentos aconteceram, a fim de refinar o software, o serviço e fazê-lo funcionar no mundo todo.   

Então, quando perguntamos se o app é básico, médio ou complexo, queremos entender o nível de complexidade do projeto. Só que esse quesito, como você verá, vai depender de vários fatores, que veremos abaixo:

1. Características e funcionalidades

Haverá um user login e perfil do usuário? O app arquivará documentos? Haverá área para a troca de mensagens, como um chat ou bot? É um app de compras e precisa de integrações com plataformas de pagamentos? Enviará notificações em push para os usuários? Terá animações, áudio e vídeos? Fará geolocalizações ou terá integração com Google Maps? Funcionará offline ou só online?

Todas essas são funcionalidades disponíveis em apps que conhecemos e adoramos usar, e que os tornam mais simples ou mais complexos, seja em termos de tempo de desenvolvimento, seja no nível das soluções requeridas para implementá-las.

Cada funcionalidade tem um tempo de desenvolvimento e um custo de produção. Então, saber as funcionalidades que o seu app terá ajudará a definir quanto custa criar o app.

2. Interface e design

Quantas telas diferentes seu app terá? E o layout? E como será a experiência do usuário durante o uso? E os ícones, marca, wireframes e logo?

Estamos falando do design da interface do usuário e de como o app será customizado para ter uma identidade própria. Todo o fluxo do usuário dentro do aplicativo e branding, como ele vai de uma tela para a outra, volta e acessa o menu, por exemplo, é desenhado antes do desenvolvimento.

Se você acha que isso tem importância secundária e é só estética, fique com uma frase de Steve Jobs sobre design:

Design não é apenas aparência ou sentimento, design é como o dispositivo funciona.

Aproveitando o gancho, há a visão de outro Steve, mas o Krug, consagrada no seu Don’t Make me Think, em que o UX design é o que torna a experiência em uma aplicação tão natural e imersiva que o usuário sequer precisa raciocinar sobre o uso. Show! Mas dá trabalho.

Evidentemente, designs mais rígidos, sem tantas variações, por exemplo, podem custar mais barato, mas serem menos atrativos para os usuários. A quantidade de telas também vai fazer com que o preço varie.

3. Plataformas

E então, o app vai ser Android, iOS ou híbrido? E se for ambos, por qual plataforma vai começar? E mais: o aplicativo terá versão web?

O custo de desenvolvimento varia de acordo com as plataformas, requerendo outras linguagens de programação e ferramentas, o que implica, normalmente, times diferentes.

4. Infraestrutura backend e admin

Já falamos sobre a importância da análise de dados para a tomada de decisões.

Quais os parâmetros que você quererá analisar para acompanhar a atividades dos usuários dentro do app?

A criação personalizada de um painel ou dashboard que reúna todos esses dados para os administradores do app, além de ser útil, pode impactar também no valor final do app.

5. Manutenção e atualizações

Infelizmente, os custos de um app não acabam depois que ele é entregue e lançado. Segundo a ThinkMobiles, o custo de manutenção de um aplicativo é cerca de 20% do custo de desenvolvimento por ano.

Então, se seu app custou R$ 100.000, prepare-se para desembolsar pelo menos R$ 20.000 por ano só com manutenção.

Se você lançou um MVP, então, funcionalidades adicionais e atualizações estão no seu horizonte próximo e terão de estar inclusas no orçamento para você não ter surpresas.    

Prazo do projeto: para quando é esse app?

Quanto mais claro for o alinhamento sobre a complexidade do app, mais rápido será estimar quantas horas o projeto terá. Veja que usamos o verbo “estimar”, ou seja, é feita uma previsão com base em um histórico de mensuração de outros projetos. Mas ainda assim há uma variação.

De acordo com um a pesquisa State of application development 2019, da Outsystems, só 34% dos apps são desenvolvidos em 3 a 4 meses. Já 55% dos app requerem 5 meses ou mais para serem desenvolvidos.

Em um benchmarking de prazos de projetos em horas, apuramos:

Tabela quanto custa um app

Outsourcing ou equipe interna?

Se você não dispõe de um time interno para assumir a criação do app, então você tem duas possibilidades: construí-lo in-house, contratando profissionais, ou buscar um parceiro como a Supero Tecnologia.

Há prós e contras em cada uma das decisões.

Por exemplo, pela proximidade, é mais fácil explicar o projeto, conduzir e controlar um time interno. Por outro lado, esses benefícios não são perdidos em times terceirizados e em trabalho remoto, que têm mecanismos para geri-los.

Equipes de outsourcing, além disso, normalmente são mais maduras, flexíveis e experientes, já têm todos ou quase todos os profissionais necessários para tocar o projeto e são mais ágeis e disciplinadas nas entregas e na prestação de contas – elas querem que o seu aplicativo seja o case de sucesso delas! –, o que na ponta do lápis acaba barateando o custo total do app e dando mais segurança de uma boa entrega.

Por todos esses fatores, é bem comum que a criação de app seja, mesmo, realizada no modelo de outsourcing, pelo menos parcialmente.

De que profissionais você precisa para desenvolver um app?

Se você decidiu se o projeto será realizado dentro de casa ou em outsourcing, ainda precisa entender que tipo de profissionais vão desenvolver o app.

Então, estamos falando da equipe preopriamente dita.

Essa lista pode contar com:

  • analistas de negócios
  • gestores de projeto
  • arquitetos
  • desenvolvedores full-stack, interação de backend, mobile e web
  • QAs
  • especialistas em cibersegurança
  • designers de UI/UX.

O valor da mão de obra vai variar também de acordo com o nível de senioridade de cada um.

Custo da mão de obra

A Cleveroad traz o custo da mão de obra médio em dólares por hora no mundo:

Há um verdadeira discrepância nos valores dependendo da parte do mundo em que você esteja.

Criar um aplicativo: seu projeto já pode ser orçado?

Como vimos, para que o custo da criação de um app possa ser orçado, sua organização precisa já ter dado vários passos no projeto.

Nem sempre essas decisões são fáceis para a organização, sobretudo se ela ainda ela tem baixo nível de maturidade digital.

Por isso, aqui na Supero Tecnologia, sempre indicamos, para essas etapas de definição, que são fundamentais para viabilizar a entrega do app em tempo hábil e com os menores custos possíveis, uma Design Sprint ou uma Lean Inception.

Fale com nossos especialistas sobre o app que você quer criar, que nós podemos ajudar você na concepção, execução e entrega de sucesso!  


Escrito por Marketing

Outras Postagens

Crie soluções personalizadas e integradaspara todas as áreas da sua empresa

Quero Saber mais

Fique Atualizado Assine nossa Newsletter

Oportunidades Participe dos melhores projetos!

Se você está em busca de um ambiente descontraído, cheio de oportunidades de crescimento e em constante evolução, confira as oportunidades!

Saiba Mais

Cadastro por interesse

Nosso time está pronto para entender o seu negócio e auxiliá-lo a encontrar a melhor solução.

Deixe seu melhor e-mail abaixo que entraremos em contato.

Indique este post para alguém...