Supero

Descubra como a Governança de TI gera resultado para seu negócio

Cada vez mais as organizações buscam na área de tecnologia os alicerces para suas estratégias de negócio. É através da governança de TI que as organizações se tornam mais produtivas, conseguem garantir o compliance e se tornam mais competitivas no mercado.

Até pouco tempo, a TI era uma área destinada a suportar o negócio apenas no nível operacional, tendo seus processos tratados de forma isolada, e pouco influenciava no resultado da organização. Hoje, a TI tem um papel fundamental no nível estratégico das empresas, estando presente em todas os setores e processos.

Neste artigo, iremos demonstrar como a governança de TI é capaz de gerar mais resultados para o negócio. Para isso, abordaremos os principais frameworks utilizados, que servirão como base para a criação de uma base sólida na gestão de TI. Boa leitura!

Principais frameworks da governança de TI

Conhecer os principais frameworks é fundamental para a construção de uma estratégia de governança de TI. Os mais utilizados atualmente são os conjuntos de boas práticas da biblioteca ITIL v3 e Cobit, atualmente na versão 5.

De um modo geral, estes dois frameworks são um conjunto de orientações que fornecem boas práticas nos processos de TI. Enquanto o Cobit é mais orientado ao O QUE se deve fazer, o ITIL tem uma aplicação um pouco mais prática, sugerindo COMO fazer.

E como a aplicação destes frameworks pode influenciar os resultados do negócio? Vamos conhecer as 5 áreas da governança de TI que são foco no Cobit:

  • Alinhamento estratégico;
  • Entrega de valor;
  • Gerenciamento de riscos;
  • Gerenciamento de recursos;
  • Mensuração de performance.

As duas primeiras áreas foco no Cobit estão totalmente alinhadas com nível estratégico da empresa. Ele permite avaliar como a TI pode entregar um valor real ao negócio, fazendo com que todos os processos sejam orientados ao mesmo objetivo.

A biblioteca ITIL serve como um complemento, orientando como as diretrizes do COBIT podem ser implantadas para servir de base em uma aplicação prática da governança de TI.

Governança de TI ajuda a direcionar investimentos

O setor de TI é uma das áreas que mais consomem recursos nas empresas. Por isso, saber quais são as estratégias de negócio é fundamental na tomada de decisão sobre as prioridades de investimentos em tecnologia.

Quando existe governança de TI na empresa, os gestores têm uma visão clara a curto, médio e longo prazo de para onde o negócio está caminhado, ajudando a provisionar investimentos.

Com todo o controle e conhecimento fornecido através das melhores práticas de TI, é possível por exemplo, prever a quantidade de novos usuários que serão necessários dentro de um período de tempo e estimar o volume de visitantes no site da companhia. Além disso, a empresa terá condições de definir a necessidade de aquisição de novos equipamentos e sistemas para suportar a estratégia de crescimento, direcionando os investimentos de forma muito mais consistente e tornando os resultados mais concretos.

Principais vantagens para o negócio

Aplicar a governança de TI é uma das principais maneiras de manter a organização sempre atualizada frente às principais inovações tecnológicas, direcionando seus investimentos na melhoria contínua, e tendo como foco os melhores resultados para o negócio.

Além desses fatores, a governança de TI também garante uma série de outros benefícios para a organização como:

Eleva a TI a um nível estratégico, fazendo com que deixe de ser apenas um suporte operacional e passe a fazer parte das decisões estratégicas de negócio;

Garante a evolução tecnológica, ajudando a equipe a manter o ambiente de TI sempre atualizado, tornando assim a empresa mais competitiva e preparada para enfrentar as constantes evoluções no mercado;

Garantia de compliance, formalizando processos de controle e auditoria, evitando muitas ou penalizações;

Redução de riscos para o negócio, aumentando a segurança da informação, que é atualmente uma das maiores preocupações da TI, e que pode afetar diretamente a área de negócio;

Garantia de mais resultados

Empresas que conseguem aplicar um modelo de governança de TI com sucesso estão muito mais preparadas para acompanhar as principais inovações tecnológicas de seu mercado, e estão aptas a estarem sempre um passo à frente da concorrência.

A aplicação da governança de TI alinha os interesses dos acionistas com a finalidade de preservar e otimizar o valor da organização, garantindo a sustentabilidade do negócio através da melhoria contínua de sua gestão.

Ter uma gestão de TI alinhada as estratégias de negócio só é possível com um plano de governança de TI claro e em pleno funcionamento. Dessa forma, a TI se torna um dos principais pilares para as tomadas de decisão que irão afetar diretamente os resultados do negócio.

E você, quer saber mais como a governança de TI pode ajudar ainda mais empresas que utilizam SAP? Solicite o contato de um especialista da QAMetrik e descubra como.