Gestão de pessoas

Um profissional-chave pediu demissão? 7 ações para lidar

14 de Dezembro de 2021

por Gabriela

Tempo de leitura: 8 min.

Voltar

Saiba o que fazer quando um profissional importante para a equipe acaba de pedir demissão 

Um mercado de trabalho aquecido, como o de tecnologia, apresenta muitas oportunidades para profissionais de TI que buscam uma melhor colocação ou remunerações mais altas. Com isso, pedir demissão de uma empresa para iniciar em outra é uma iniciativa que vem crescendo e deve se intensificar com o fim da pandemia. 

O fenômeno é até descrito como great resignation, ou “grande renúncia”, ou seja, um número recorde de pedidos de demissão de profissionais após a pandemia de COVID-19, vivido nos Estados Unidos.

Os fatores são muitos. Mas um deles tem a ver com a recuperação. Enquanto no início da pandemia o mercado de trabalho estava bastante instável e com demissões em massa, com a recuperação, as oportunidades são muitas. Com novas propostas, o profissional fica mais suscetível a pedir demissão da empresa em que está

O pedido de demissão de um profissional-chave da equipe pode gerar desafios para a organização e para o time. Mesmo que ninguém seja insubstituível, algumas pessoas são importantes, seja pela função que cumprem, seja pelo clima que geram. 

O que fazer diante do cenário de um bom profissional pedir demissão? Algumas atitudes podem ser tomadas pelos líderes para minimizar impactos e para ajudar que todos passem por essa transição da maneira mais tranquila possível. 

Neste post, vamos abordar os principais desafios de gestores, após a saída de profissionais-chave e quais ações devem ser tomadas para lidar com essa situação.

webinar agilidade

Os desafios após a saída de profissionais-chave

A saída de profissionais queridos pelo time pode gerar impactos sobre líderes e profissionais, caso não seja conduzida com cuidado, principalmente se pegar todos de surpresa.

Entre os principais desafios que líderes terão que enfrentar após um profissional-chave pedir demissão, podemos destacar:

1. E agora? O que fazer?

É natural que o líder fique um pouco confuso sobre o que fazer ou tenha uma reação inesperada, no momento de ouvir o pedido de demissão, principalmente se a notícia for uma surpresa. Muitos gestores, inclusive, levam o pedido de desligamento para o lado pessoal e aí o desafio de manter-se centrado para organizar a equipe e saber o que fazer pode ficar ainda maior. 

2. Perda de foco e desmotivação  da equipe

A saída de um colega importante ou querido na equipe tende a abalar os outros membros, afinal um bom profissional gera vínculos, não só pela sua competência técnica, mas por suas habilidades comportamentais. Por isso, saber lidar com a tristeza dos profissionais que ficaram e fazer com que eles não percam o foco e a motivação é um dos principais desafios de líderes que “perdem” profissionais-chave.

O guia dos CIOs sobre desenvolvimento em plataformas low-code

3. Sobrecarga de trabalho para quem ficou

Muitas vezes, a saída de um profissional gera sobrecarga para outros que ficam, justamente porque o trabalho não pode parar e as atividades que antes eram do profissional que pediu demissão agora precisam ser absorvidas pela equipe até que outro profissional ocupe o cargo ou assuma as funções que ficaram descobertas. O cuidado nesse caso é não deixar os profissionais que ficaram descontentes ou com muito trabalho.

4. Desconfiança sobre os motivos da saída

Ocorre às vezes que o motivo da saída do profissional que pediu demissão não é revelado e isso pode causar um mal-estar na equipe e até mesmo em outras equipes da organização. A falta de transparência nos processos, a menos que seja algo sigiloso, solicitado pelo profissional, abre brechas para ruídos de comunicação e até mesmo desconfianças infundadas, podendo prejudicar o bom relacionamento de um grupo.

Saiba mais: Desenvolvimento de líderes em TI: como reconhecer perfis?

7 medidas para lidar com a saída de profissionais-chave 

Naturalmente, para todos esses desafios que citamos anteriormente, e outros que os gestores enfrentam com a saída de um profissional que pede demissão, há soluções.

Abaixo, mostramos 7 ações práticas e como elas podem ser realizadas. E ainda, o que não deve ser feito na hora que o profissional se desligar da organização. 

1. Conheça o protocolo da empresa 

Conheça bem a política da empresa em casos de pedido de demissão de um profissional importante e esteja alinhado com essas práticas. Afinal, você deve respeitar a cultura organizacional e agir de acordo com o que a empresa prega. 

Normalmente, a empresa já tem definido um quesito sobre contraproposta e em quais casos devem ser aplicadas, além de uma porcentagem de valor adotado pela empresa para esses casos. 

Se não tiver nada pré-estabelecido, a recomendação é que você agilize isso com a área responsável, a fim que essa questão já esteja pronta, antecipadamente, para você não ficar confuso na hora e ser mais um item a considerar quando a situação acontecer.  

2. Supere os sentimentos e seja racional 

Saídas abruptas podem gerar frustração nos líderes. Afinal, existe a máxima de que pessoas não abandonam empresas, mas sim seus líderes. Claro que nem sempre é assim, mas, de qualquer forma, não leve para o lado pessoal

Quando acontecer, aja racionalmente e seja prático. Aquele profissional-chave que pediu demissão está saindo, mas você tem outros liderados. Mentalize que “ninguém é insubstituível”.

Se esse profissional for seu “braço direito”, a saída anunciada pode gerar a sensação de traição. Nesse caso, supere os sentimentos e tenha a serenidade e racionalidade suficientes para entender os motivos do profissional.

3. Alinhe os termos da saída com o profissional

Muitas vezes, o profissional tem disponibilidade e você precisa, por questões práticas, que ele permaneça na empresa por mais um período. Negocie com ele e alinhe os termos da saída. Certamente, os dois sairão ganhando e a relação se manterá saudável para futuros reencontros profissionais e pessoais. Aposte na comunicação assertiva e busque bons resultados até mesmo de uma demissão.

4. Comunique a equipe 

Anunciar a saída de um profissional e reconhecer a contribuição dele ao time é um gesto de maturidade que certamente será observado e apreciado pelos seus liderados e outros profissionais da empresa. Se o profissional é chave, ele naturalmente é importante para você e para o resto da equipe. Não há porque ocultar isso e muito menos menosprezar todos os seus feitos para a organização.

5. Trace um plano de ação 

Aproveitar a oportunidade da saída de um profissional para reconfigurar o time é algo que precisa ser feito já em um primeiro momento. Afinal é preciso tomar decisões de como será a busca para ocupar o lugar desse profissional que está saindo, se alguém da equipe irá ficar com essa posição temporária, se alguém será promovido ou se um profissional externo será responsável pelas atividades deixadas.

6. Faça uma entrevista demissional

Ter uma conversa franca com o profissional que pediu demissão é uma forma de ouvir feedbacks e entender realmente o que fez aquele profissional deixar a organização. Afinal, uma pessoa geralmente não se desliga da empresa apenas porque a remuneração é mais alta ou a cultura da empresa não está alinhada com seus valores. Geralmente, há mais de um motivo e ouvi-los dá a chance de você buscar melhorias e ser mais assertivo na sua gestão.

7. Faça uma despedida do profissional 

Reunir a equipe para um momento de despedida e de celebração, no último dia do profissional é uma boa forma de agradecer o profissional pelo empenho e dedicação que ele manteve com a equipe e com a organização durante seu período na empresa e também mostrar aos outros profissionais que ficaram o quanto cada um deles é importante para o clima organizacional e os resultados do trabalho, efetivamente.

Leia também: Como conquistar equipes de TI autogerenciáveis?

O cenário além das demissões

Como vimos, para um líder não é fácil ouvir um pedido de demissão de um profissional-chave na equipe. No entanto, pensar estrategicamente e tomar algumas atitudes conscientes da realidade do mercado e das perspectivas futuras é a melhor maneira de passar por essa situação de forma tranquila.

Enxergar os desafios como uma oportunidade, ao invés de um revés para a empresa também pode auxiliar nessa transição de profissionais. A chegada de um novo profissional com o perfil ideal para ocupar o lugar que ficou vago pode trazer surpresas positivas.

Se precisar de um parceiro para auxiliar nessa jornada, conte com a Supero. Presente no mercado de soluções de TI há 18 anos, adotamos práticas, como as já mencionadas neste artigo, para garantir uma transição tranquila, no caso de haver um pedido de demissão dos profissionais alocados.

Além de ficarmos responsáveis por toda a fase de recrutamento e seleção de profissionais de TI, gerimos todo o processo de transição

Entre em contato com um de nossos consultores para ver como podemos auxiliar a sua equipe a não perder o foco e a motivação com a saída de um colega de trabalho importante. 

Nova call to action


Escrito por Gabriela

Outras Postagens

Crie soluções personalizadas e integradaspara todas as áreas da sua empresa

Quero Saber mais

Fique Atualizado Assine nossa Newsletter

Oportunidades Participe dos melhores projetos!

Se você está em busca de um ambiente descontraído, cheio de oportunidades de crescimento e em constante evolução, confira as oportunidades!

Saiba Mais

Cadastro por interesse

Nosso time está pronto para entender o seu negócio e auxiliá-lo a encontrar a melhor solução.

Deixe seu melhor e-mail abaixo que entraremos em contato.

Indique este post para alguém...

Inscreva-se em nossa newsletter.