Tecnologia

Data Science e Cloud Computing: Porque sua empresa precisa dos dois

1 de Outubro de 2019

por Supero

Tempo de leitura: 8 minutos

Voltar

Neste artigo, entenda o que é Data Science e descubra também as principais vantagens de aplicar soluções de armazenamento em nuvem ao seu negócio

Estamos vivendo na era da tecnologia da informação. Nunca se gerou dados a uma quantidade e velocidade tão grande quanto nos dias atuais. Só nos últimos dois anos foram gerados 90% do total de dados da humanidade. E esse volume tende a aumentar.

A sexta edição da pesquisa Data Never Sleeps indica que em 2020, cada indivíduo gerará cerca de 1.7 MB de dados por segundo. Esse grande volume de informação está revolucionando o mercado de trabalho e a forma como vivemos. “Dados são o novo petróleo” é a frase, cunhada pelo matemático Clive Humby, que evidencia isso. 

Esse mantra passou a ser repetido por executivos de todo o mundo. O CEO da Mastercard, Ajay Banga, concorda com a analogia, mas destaca uma grande diferença: o petróleo vai acabar um dia; os dados, não. Nesse sentido, quem souber usá-los a seu favor sairá na frente. 

Muitas empresas hoje já veem os dados como ativos estratégicos, e os utilizam para obter vantagens competitivas. Mas lidar com essa quantidade de dados não é tarefa simples. São necessários profissionais e novas tecnologias capazes de coletar, armazenar, processar e analisar essas informações. Nesse cenário, surge o Data Science, ou ciência de dados.

 A seguir, explicamos do que se trata esse campo que vem ganhando cada vez mais espaço no mercado e se tornando necessário no âmbito empresarial. Acompanhe para entender a relevância e os benefícios de aplicar o Data Science e Cloud Computing no seu negócio.

Mas afinal, o que é Data Science?

O Data Science é uma área multi e interdisciplinar focada no estudo e na análise de dados. Embora seja um campo que já está presente no mercado há alguns anos, essa área ganhou notoriedade na atualidade devido à emergência e a popularização do Big Data e de novas tecnologias.

Seu grande objetivo é transformar dados brutos em insights valiosos de negócios. Por exemplo, imagine que você é dono de uma empresa de logística. De 0 a 10, que nota você daria ao seu sistema de controle de frota? Você confia nos números expostos, ou acredita que há divergência entre eles e os demais sistemas?

Ao adotar técnicas de ciência de dados, você se torna capaz de integrar as informações das mais diversas bases para que números precisos sejam alcançados. Também se torna possível realizar um melhor aproveitamento da sua frota. Com informações sobre melhores rotas, dias mais produtivos, gastos com combustível, entre outros, você consegue otimizar o seus recursos e utilizá-los de forma estratégica. Isso resulta em decisões mais inteligentes e econômicas para o negócio.

O Data Science envolve técnicas que nasceram de seu próprio campo de atuação, e também práticas de outros campos. Ao longo de sua formação, o cientista de dados irá estudar questões de aprendizado de máquina, Big Data, matemática estatística, economia, engenharia, e outras subáreas da computação (como banco de dados e análise de agrupamentos).

Vale destacar que além das competências técnicas, um bom cientista de dados também precisa desenvolver habilidades atuais. Dentre estas, ressalta-se a visão holística e estratégica, compreensão dos diferentes modelos de negócios, capacidade de identificar problemas reais por meio dos dados e de aplicar técnicas de machine learning, programação e estatística para resolvê-los.

Atividades da Ciência de Dados

As atividades desenvolvidos por um cientista de dados estão divididas, principalmente, em cinco tópicos:

  • Coleta: se trata da captação de dados externos e do registro de informações;
  • Armazenamento: refere-se ao desenvolvimento e manuseio de um espaço seguro e confiável, onde os dados estruturados ou não estruturados ficarão guardados;
  • Exploração: diz respeito às diversas formas e ferramentas de analisar e combinar dados para refino desse material;
  • Rótulo: processo que irá “dar cara” aos dados, por meio de testes A/B e algoritmos de machine learning;
  • Otimização: a ciência de dados está constantemente evoluindo, e aqui entram o uso de novas tecnologias como IA (Inteligência Artificial) e Deep Learning.

Essas atividades podem ser observadas, por exemplo, em softwares de Business Intelligence. Muito utilizados pelas empresas na atualidade, essas ferramentas trazem diversos impactos positivos aos negócios, como: redução de custos, ganho de produtividade, e maior assertividade na tomada de decisão.

Como o Cloud Computing entra nessa história?

O Cloud Computing, ou computação em nuvem, é a disponibilidade sob demanda de sistemas de computação para armazenar dados. Neste modelo de armazenamento, o acesso aos arquivos é feito remotamente, pela internet, em detrimento de unidades físicas. Por isso a alusão à nuvem.

Aproximadamente 2.5 quintilhões de bytes são gerados diariamente. Para armazenar esse volume, seriam necessários cerca de 531.914.892 DVDs com capacidade de 4.7 GB cada. Não é à toa que encontrar meios de estocar a grande quantidade de dados da atualidade é uma das atividades mais importantes do Data Science. 

A escala com que as organizações necessitam acessar e processar recursos computacionais só é viável através da computação em nuvem. Do contrário, cada empresa teria que ter muitos metro-quadrados destinados apenas para os dispositivos capazes de estocar essas informações. Isso seria complicado não só em termos de espaço, mas também por questões de velocidade e facilidade de acesso.

Quais são as vantagens de usar soluções cloud na sua empresa?

A seguir, listamos os cinco principais benefícios para você utilizar o armazenamento na nuvem.

#1: Acessibilidade

A primeira e mais óbvia vantagem é a facilidade de acesso aos arquivos. A computação em nuvem só demanda que você esteja conectado à internet para poder acessar os dados. Ou seja, você poderá obter essas informações de qualquer lugar, a qualquer hora. 

Você também pode usar o próprio celular ou outros dispositivos para acessar as informações. A praticidade aqui é um conceito chave.

#2: Maior segurança

Não é porque os arquivos estão na internet que eles podem ser acessados por qualquer um. Pelo contrário. As soluções Cloud são extremamente seguras tanto em questões de acessibilidade quanto em segurança com relação à integrações (a Supero, por exemplo, possui soluções que possibilitam a criação de APIs para sistemas legados e banco de dados, fornecendo de forma segura integrações com soluções de mercado).

As empresas que prestam serviços de armazenamento Cloud aplicam aos seus centros de dados as mais rigorosas políticas de segurança disponíveis. Isso significa que a chance de um ataque cibernético ocorrer contra esses servidores é infinitamente menor do que contra computadores pessoais. A Supero, por exemplo, consegue erradicar a possibilidade de cryptojacking e segue a risca todos os requisitos do LGPD, auxiliando sua empresa em todo o processo de adequação a nova lei.

Além disso, cada funcionário tem um controle de acesso. Apenas usuários autorizados podem visualizar as informações. Por segurança, os dados também são criptografados. 

#3: Redução de custos

O Cloud Computing te possibilita reduzir os custos em três vertentes principais:

  • Mobilidade operacional: ligada à capacidade dos colaboradores em executar suas tarefas estando em qualquer lugar, de qualquer dispositivo, sem perder a performance;
  • Escalabilidade dos sistemas: relacionada à capacidade do sistema de aumentar ou reduzir seus recursos de acordo com a demanda dos usuários;
  • Elasticidade da TI: ligado ao conceito anterior, a elasticidade nesse cenário se refere ao fato do profissional não ter que se preocupar em aumentar ou reduzir seus recursos. Isso porque sempre que há um aumento ou declínio de demanda, as soluções Cloud fazem as modificações automaticamente.

Além disso, é por meio de licenciamentos que as empresas de Cloud Computing disponibilizam as soluções. A empresa pode optar pelo plano que melhor atende suas necessidades, utilizando apenas a quantidade exata de recursos computacionais que precisa para atuar estrategicamente. Isso evita desperdício de recursos e gargalos operacionais, além de dar ao caixa da empresa uma maior previsibilidade de gastos.

#4: Facilidade de compartilhamento

As empresas são compostas por diferentes departamentos (marketing, vendas, RH, financeiro etc). Muitas vezes, as áreas utilizam programas e ferramentas diferentes. Nesse cenário, pode acontecer de um profissional de outro segmento precisar de informações e não conseguir acessá-las sem passar pela equipe de TI antes.

Quando você adere às soluções Cloud, essa conversa entre departamentos se torna mais rápida e eficiente. Como os arquivos ficam centralizados, todos os que possuem a chave de acesso podem acessá-los independentemente de onde estejam. Isso traz mais produtividade para o dia a dia da equipe.

#5: Diminuição de erros e suporte 

Ao optar pelo armazenamento na nuvem, você pode contratar uma empresa de hospedagem. Isso significa que você irá contar com profissionais qualificados para lidar com essa questão. Não é à toa que o lema da Supero é: melhores times, melhores soluções de TI. A empresa oferece uma solução completa, com toda a jornada on-premisse, entregando desde a infraestrutura necessária até as configurações e adaptações dos sistemas utilizados. 

Toda a manutenção e gerenciamento dos servidores ficará sob responsabilidade da empresa contratada, e por se tratar de uma especialista, as chances de erros diminuem. Isso contribui para garantir a integridade dos arquivos e confiança dos dados. E, caso eventuais problemas surjam, será possível contar com um suporte que entende do assunto. 

Levando em consideração todas as vantagens apontadas acima, fica claro que o armazenamento em nuvem é o melhor aliado para você que quer cada vez mais aplicar o Data Science no seu negócio. Ao unir esses dois elementos, você pode melhorar a sua performance, reduzindo os custos e fazendo uso de dados para tomadas de decisão mais inteligentes.

Quer entender como você pode aplicar essa realidade para as necessidades da sua operação? Fale com a gente ou deixe aqui um comentário. 


Escrito por Supero Editor dos conteúdos do blog da Supero.

Outras Postagens

Crie soluções personalizadas e integradaspara todas as áreas da sua empresa

Quero Saber mais

Fique Atualizado Assine nossa Newsletter

Trabalhe Conosco Junte-se ao melhor Time!

Se você está em busca de um ambiente descontraído, cheio de oportunidades de crescimento e em constante evolução, venha para o Time Supero!

Saiba Mais

Cadastro por interesse

Nosso time está pronto para entender o seu negócio e auxiliá-lo a encontrar a melhor solução.

Deixe seu melhor e-mail abaixo que entraremos em contato.

Indique este post para alguém...